Buscar
  • UMAMI Comunicação em Gastronomia

Você sabe a quantidade ideal de consumo de peixe de acordo com nova recomendação médica?

Em entrevista com a nutricionista Pós Dra. Daniela Pala, falamos sobre as novas recomendações, que destacam maior consumo para pessoas com doenças do coração na família.


O peixe é um alimento muito importante para a saúde do coração. Sua importância se dá devido a sua abundância de ômega-3, um tipo de gordura insaturada que é nutricionalmente saudável. Além disso, ele é um composto bioativo, já que possui ao mesmo tempo propriedades antioxidantes e antiinflamatórias. O consumo de ômega-3 está associado a prevenção várias doenças e por isso deve ser feito de forma frequente.



De acordo com a Doutora em Nutrição Daniela Pala, o consumo de ômega-3 é recomendado especialmente para evitar doenças cardíacas como pressão alta, colesterol aumentado e infarto. Além disso, ele promove um aumento da longevidade, previne o envelhecimento e melhora os sintomas de doenças inflamatórias como artrite e artrose.


Embora a recomendação conhecida popularmente seja de que o consumo de peixes deva ser de 1 vez por semana, novas pesquisas sobre a ingestão de ômega-3 orientam o consumo de 3 porções por semana. “Para pessoas com casos de doenças do coração na família, essa recomendação aumenta para 5 porções por semana, controlando e prevenindo essas doenças e suas complicações.” afirma Daniela.


Seguindo a nova recomendação, é possível utilizar uma variedade de receitas de tilápias ao longo da semana. Vale lembrar que no caso da tilápia um filé equivale a uma porção. Além de serem saborosas, elas contribuem para a saúde e bem estar. A Dra. Daniela recomenda ainda que os ajustes individuais para definição da dieta e do consumo adequado do ômega-3 e de outros compostos devem ser consultadas com uma nutricionista.

65 visualizações
PISCICULTURA TRÊS MARIAS LTDA
Fazenda Sucuarana, s/n, Zona Rural,
CEP 39.205-000 - Três Marias, MG